A GAZETA DE ALGOL

"O morto do necrotério Guaron ressuscitou! Que medo!"

Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


fanworks:teorias:teoria_neilast_001:neilast_001_004

As teorias sobre Thea

Autora: Neilast
Tradutor: Orakio Rob

Rubi, rubi, quem tem o rubi gêmeo?

Como o rubi gêmeo se junta a tudo isso…

Na jornada de Ayn, quando Thea e Ayn se encontram, Thea está equipada com um item chamado de rubi gêmeo. Esse item é vital para a jornada de Ayn, já que abre o caminho entre Aridia e Landen. Ayn deve ir a Landen, porque é lá que ele encontra a chave para o Satélite da Paz Verdadeira que seu povo está tão desesperado para encontrar.

No entanto, na jornada de Nial, o rubi gêmeo pertence a um Layano chamado Ryan que lidera um exército de guerrilha contra Lune. Ryan planeja usar o rubi gêmeo para chegar a Aridia onde a chave para a derrota de Lune – algo misterioso chamada de “Tesouro de Laya” – parece estar escondido.

Parece bastante provável que existe apenas um rubi gêmeo. Mesmo que hajam múltiplos itens que possam destravar a caverna entre Landen e Aridia, o que é muito pouco provável, é muito improvável que ambos tenham um nome estranho como “rubi gêmeo”. Então, como a jornada de Nial acontece três anos depois da jornada de Ayn, surge a questão: como o Twin´s Rubi passou da posse de Thea para Ryan?

A princípio parece não fazer sentido, mas então eu notei algo muito importante. Ryan tem uma cicatriz longa e distintiva correndo por sua face, da testa ao queixo. Passa bem sobre um de seus olhos, o que provavelmente significa que ele não tem um olho. (Não podemos ter certeza absoluta porque os olhos de Ryan estão escondidos pelo que parece ser um par de óculos escuros.) Nunca se menciona como ele conseguiu a cicatriz.

Pela cicatriz no rosto de Ryan, parece que ele não tem um olho, e pelo precioso rubi gêmeo de Thea, não se pode dizer que é possível que Ryan seja aquele que salvou Thea do castelo de Lensol? Ryan parece estar em seu auge na segunda geração, ao contrário do batido Lyle, e ele é um lutador muito forte (muito similar a Lyle em termos de técnicas e estilo, aliás). He provavelmente seria capaz de passar pelos soldados e ciborgues que defendiam o castelo de Lensol. Ryan também é um layano, o que significa que ele pode ser um descendente de um cavaleiro-dragão, como Lyle. Me parece provável que Ryan tenha salvo Thea, e por uma razão ou outra, Thea deu o rubi gêmeo a Ryan, talvez para que ele pudesse ir a Elysium, onde Nial o encontra. (Mais idéias sobre por quê Ryan estava em Elysium, e como suas ações estão ligadas a Thea, estão na próxima seção dessa teoria.)

Todas as evidências são circunstanciais. No entanto, eu acredito que a grande quantidade de evidências (a cicatriz, o olho, o rubi gêmeo, o fato de ser layano, e suas semelhanças com Lyle) indicam que a teoria de que Ryan, e não Lyle, resgatou Thea, dificilmente pode ser contrariada.

Agora, permitam que eu explique a frase do homem em Endora, que eu mencionei na seção anterior. Mais uma vez, a frase é:

“Há muito tempo, um dragão levou uma mulher para fora do castelo-labirinto e voou para longe. Mas eu consegui deixar uma cicatriz em seu rosto!”

Como eu disse na seção anterior, isso parece, à primeira vista, uma referência a Lyle. Na jornada de Ayn, Lyle, que tem apenas um olho, assume a forma de um dragão e voa sobre o mar, já que foi isso que o matou durante aa jornada de Ayn.

Acredito que esse dragão era Ryan, e não Lyle, ferido e com apenas um olho após resgatar Thea do castelo de Lensol. Por quê ele voaria sobre o mar? Acho que ele e Thea procuravam Satellite, como Ayn, Thea e seus amigos na jornada de Ayn. Talvez eles tenham até encontrado, e tenham derrotado Siren. Isso não podemos saber. O destino do povo de Cille e Shusoran nunca é revelado no mundo de Nial. Tudo o que sabemos é que os dois reinos foram destruídos, e que Thea foi sequestrada e eventualmente resgatada. Também é impossível visitar Satellite (mais conhecido como Azura) e descobrir, pois na época em que o filho de Nial começa sua jornada, Satellite já foi destruído, assim como nas aventuras de Sean, um dos possíveis filhos de Ayn.

Parece improvável para mim que Ryan e Thea sozinhos tenham conseguido derrotar Siren em Azura. Eu acho que eles desistiram de sua jornada antes de enfrentarem Siren e se fixaram em Endora, de onde eu acredito que Ryan tenha vindo. (na verdade, ele pode até ser o homem que, na jornada de Ayn, tenta resgatar Thea mas falha. Ayn então resgata Thea antes que esse homem possa fazer uma segunda tentativa.) O que acontece aos layanos depois de se abrigarem em Aridia? Sem Rhys, Ayn, Mieu, Wren, e Sari para defendê-los, eu acredito que todos tenham falecido.

fanworks/teorias/teoria_neilast_001/neilast_001_004.txt · Última modificação: 2009/01/13 11:58 (edição externa)